top of page
  • Mariana Ravedutti Paul

Formas de captação de recursos para ONGS

5 Formas da sua ONG conseguir mais dinheiro


Pessoa entregando dinheiro nas mãos de outra
Imagem de jcomp no Freepik

A ONG ou projeto social que nunca sofreu com a captação de recurso que atire a primeira pedra!


Brincadeiras a parte...mas nem tanto! Infelizmente a realidade é que mais de 70% dos projetos aptos para receberem recursos de impostos no Brasil não são executados porque não chegam recursos financeiros.


As ONGs são agentes fundamentais na transformação da sociedade, atuando em diversas frentes para promover a transformação social, bem-estar social, ambiental e cultural. Para viabilizar seus projetos e ações, a captação de recursos é uma atividade crucial.


Neste blog, exploraremos as 5 principais formas de captação de recursos para ONGs, com dicas e exemplos práticos para impulsionar sua estratégia.


1. Doações Diretas:


As doações, sejam de pessoas físicas ou jurídicas, representam a base da captação de recursos para muitas ONGs. Para fomentar doações, é fundamental:


  • Construir uma imagem sólida e transparente.

  • Investir em comunicação: divulgar a missão, os valores e os projetos através de diferentes canais (redes sociais, whatsapp, site, cartazes, etc).

  • Criar canais de doação facilitados: oferecer diversas opções de doação, como pix, boleto bancário etc.

  • Cultivar o relacionamento com os doadores: agradecer as doações, enviar notícias sobre o andamento dos projetos e oferecer benefícios exclusivos (brindes) podem fidelizar os doadores.


2. Patrocínios Incentivados | Uso de Benefícios Fiscais:


O governo possui um mecanismo de renúncia fiscal que permite que pessoas físicas e jurídicas destinem seu imposto de renda (e outros tipos de impostos também) para projetos incentivados.


Isso significa que parte do imposto que o indivíduo (pessoa que declara o IRPF no modelo completo) ou a empresa (tributada pelo Lucro Real) deveria destinar para o Governo pode ser redirecionado para projetos que transformam e impactam vidas. É uma excelente forma das pessoas e empresas contribuírem com um “dinheiro” que de alguma forma já vai sair do bolso! Nós, da e.feito Social, temos como propósito conectar pessoas com projetos de todo Brasil (saiba mais!).


Vantagens em ter projetos incentivados:


  • Possibilidade de visibilidade e reconhecimento ao se conectar com empresas que ressoam com o mesmo propósito.

  • Pedir um “dinheiro” para as pessoas e empresas que já está comprometido a ser pago como imposto. O valor pode ser declarado no IRPF e no IRPJ.

  • Criar propostas de patrocínio personalizadas, que ofereçam benefícios atrativos para as empresas (contrapartidas que conectem com o público).

  • Prestar contas dos recursos recebidos de forma transparente.


3. Crowdfunding:


O crowdfunding, ou financiamento coletivo, é uma ferramenta poderosa para mobilizar a comunidade e captar recursos para projetos específicos. Para ter sucesso no crowdfunding, é importante:


  • Criar uma campanha clara e concisa, com um objetivo específico e um orçamento detalhado. O projeto tem começo, meio e fim!

  • Utilizar plataformas de crowdfunding confiáveis e com boa visibilidade.

  • Promover a campanha nas redes sociais e outros canais de comunicação.

  • Oferecer recompensas atrativas para os colaboradores.


4. Venda de produtos ou serviços:


A venda de produtos ou serviços relacionados à causa da ONG pode ser uma fonte de renda adicional. Sugestões de ideias para ter sucesso nesse modelo:


  • Oferecer produtos ou serviços de qualidade, com um bom custo-benefício.

  • Agregar valor ao produto ou serviço oferecido.

  • Investir em marketing e divulgação para alcançar o público-alvo.

  • Parcerias com empresas para fomentar a compra e venda desses materiais.


5. Eventos:


Eventos beneficentes, como jantares, leilões e bazares, podem ser uma ótima forma de captar recursos e aumentar a visibilidade da ONG. Mas cuidado para não depender de eventos para manter sua organização, isso pode ser bem cansativo. Algumas ideias:


  • Definir um objetivo claro para o evento.

  • O evento pode acontecer anualmente, com isso as pessoas já se comprometem e há uma tendência de fidelização.

  • Planejar o evento com antecedência, definindo o local, a data, o público-alvo e a programação. Divulgação eficaz é fundamental!

  • Pensar na experiência do cliente! E gerenciar o evento de forma profissional e eficiente.


Conclusão


A captação de recursos é uma atividade essencial para o sucesso das ONGs. Ao diversificar as estratégias de captação e investir em comunicação e relacionamento, as ONGs podem garantir os recursos necessários para transformar a realidade de milhares de pessoas.


Lembre-se: 


  • Planejamento estratégico é fundamental para o sucesso da captação de recursos.

  • Transparência e accountability são essenciais para construir a confiança de doadores e parceiros.

  • A comunicação eficaz é fundamental para divulgar a causa da ONG e atrair recursos.


A e.feito Social atua com a captação de recursos de impostos para conectar com seu projeto! Se você tem interesse em doar ou captar recursos, clique aqui para saber mais.


Compartilhe este blog com seus amigos e colegas e incentive a colaboração com as ONGs!



Comments


bottom of page